"Uma vida sem desafios não vale a pena ser vivida"

 

 

 

 

 

SOTA Watch 

GPS

GITEI                               

Spiderbeam

Map

QSL printing

  SOTA Mapping

     Adventureradio

 Desnível                Portugal          

 

 
     

 

SOTA International Links                            

SOTA Portugal

Um Desafio

Referências de Portugal 

Guia de Operação

Como se iniciar

Regras 

Radioamadorismo

Equipamento

Diplomas e Troféos

Manual do SOTA

Guia do Activador

Metereologia

Perigos

 

Troféu Anual SOTA Portugal

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


                                 Perigos

Na situação de Perdido: Se estiver perdido, Não perca a calma e Não se apavore; tome o tempo que for preciso para analisar com calma e pensar logicamente a sua posição. Não permita que sua cabeça resfrie ao ponto de   poder afectar sua capacidade de raciocínio.  A capacidade de pensar é    importante numa situação destas. Antes de se ter aventurado, deve ter     procurado pontos de referência e alternativas, você deve ter estudado no         mapa a paisagem e terá olhado em  redor fixando alguns pontos de referência. Fazer isto ajudá-lo-á a recuar com segurança. Na visibilidade pobre você deve confiar na sua Bússola ou GPS. O último faz um trilho de seu progresso. A utilização de GPS é importante e facilita-nos muito, tornando-se hoje um instrumento de segurança. A maior parte dos montanhistas e « Activadores »    usa  com segurança para as suas  etapas sobre condições de intempéries adversas e mesmo na escuridão. Traga acima a página do mapa, ajuste-a à  escala a maior e ande-o para fazer proxima sua trilha da descida imitar sua      trilha mais adiantada da subida na tela.

Andar na obscuridade não é recomendado naturalmente. Procurar caminhos e trilhos sob Nevoeiro torna-se muito difícil e é fácil afrouxar mesmo nos        melhores trajectos. Se você realmente se deve aperfeiçoar deixe para mais      tarde os picos e cumes mais altos. Tente ganhar experiência em Montanhas    mais acessíveis 

Avisos Importantes:

Não tome riscos desnecessários escolhendo  rotas longas ou difíceis .               Se sentir que não está preparado e inseguro para alterar  a planta do percurso     e   se der conta que

Se tem dúvidas …

Deixe de ter Dúvidas ! e procure a alguém que saiba: Peça ajuda ou     opinião a uma pessoa responsável e ou  melhor  ainda, com um amador companheiro que seja um « Activador »  SOTA. Deve incluir  todos os            detalhes    na sua rota pretendida e a escolha da época é importante e não esqueça de calcular  também o tempo estimado para o regresso. Deve levar consigo e deixar a outros amadores uma lista de frequências em que  provavelmente  poderá  ser encontrado, incluindo as de amador, os canais       de VHF, UHF e até mesmo PMR  e os número de telefone móvel.  Também é aconselhável deixar  esta informação visível no formato standard, na minha    viatura.

O sistema da "mancha" de SOTA pode criar uma história e um rasto  dos seus movimentos. Assegure-se de que seu "suporte" o possa  alcançar, se o pior acontecer.

Não altere o percurso e a rota marcada anunciada  anteriormente, sem    notificação e não avance acima do cume, pico, não siga para posição desconhecida a um ponto onde você não possa inverter seus movimentos.

Deve levar consigo um telefone móvel com a bateria devidamente carregado, e deverá  deixá-lo ligado o dia inteiro.    Pode ser possível que as autoridades possam obter a sua localização  numa emergência.   Como a cobertura do   telefone móvel pode ser escassa em áreas remotas, mesmo em alguns cumes, picos, assim não confie nele (ou no rádio); embora possa ter conhecimento do local e  dos canais do repetidor de 2m/de 70cm; Os códigos de CTCSS        podem ser cruciais.

Se você está seriamente atrasado (e você tem os meios) deve informar o mais rapidamente possível a sua base do ou a polícia de modo que o serviço de salvamento da montanha não seja chamado desnecessariamente.                       O mesmo se aplica se tiver alcançado algum apoio e esteja em segurança. 

As emergências foram declaradas repetidamente porque alguém esqueceu      dizer que eram seguras.
Acidentes: Se por algum motivo estiver envolvido num  um acidente,           certifique-se que está a vítima está respirando normalmente e procure     desobstruir, de modo a não prejudicar a respiração, de seguida verifique          o pulso, e de depois  de fornecer os primeiros socorros caso seja necessário. Cobrir as feridas para impedir de sangrar, mantenha vítima morna,        tranquilizando-a, protegida e coberta  mas não  a deve mover do seu local          pois pode haver o perigo de um ferimento na coluna (espinha), se o acidente       for uma queda séria! Recorde que deve proteger-se e caso necessário,            emita pedido de  ajuda.

Ligue para o  112 e para a polícia que chamará a equipa de salvamento mais próxima da montanha. Dê todo dos detalhes e não se esqueça de incluir           toda a informação necessária, a condição da vítima e uma posição exacta (referência de Longitude e Latitude se possível). Permaneça junto ao          telemóvel (ou no rádio) a menos que lhe peçam para fazer de outra maneira          e não se mova da sua posição sem consultar. Se os serviços de salvamento      são do tipo GNR MONTANHA o mais provável é eles procurarem ao longo das características do percurso, como :trilhos ,cursos de água, trajectos pedestres     e de bike etc..

Mas se  estiver no meio do desconhecido e fora de uma comunicação,             pelo menos  tentativa para começar a « BUSCA »uma característica         significativa do mapa do `. 'Desgaste cores brilhantes, usam seu assobio          (veja o parágrafo seguinte) e transforme seu mastro de antena do seu emissor rádio num mastro  bandeira para anunciar sua posição.   

É muito importante manter, uma atitude positiva e optimista , e confiança            em si e mesmo no outro, se as coisas correrem para o mal.

Perigos: Neve e Gelo; neve: Se as rotas a escolher possuirem gelo de nível elevado ou  são prováveis Nevões, deverá realmente ponderar e escolher meticulasamente o equipamento desde as Botas, Roupa  e todos os      apetrechos para caminhada e montanhismo para poder suportar temperaturas demasiado . Não basta ir a uma loja e comprar, o mais importante de tudo;     saiba usá-los. Para isso, não confie num  livro-aprendizagem de iniciação        mas sim tente frequentar um curso de instrução prático reconhecido no       inverno é a única maneira certa de aprender com confiança (por exemplo aprendendo técnicas de sobrevivência e adaptação).

Seja cuidadoso com as inclinações e declives da montanha com  neve,        podem ter sido macias no meio-dia na subida; especial se têm um aspecto    cedo-ensolarado (por exemplo E ou S) ou geralmente se você planeia descer através de uma rota diferente. Enquanto o sol do inverno se move        circularmente, a neve pode transformar num autêntico escorrega para a parte inferior.

O gelo branco duro, pela sua forma pode ser muito parecido com a  neve inocente. Uma parte da montanha pode ter circunstâncias completamente diferentes da outra parte.

Devemos ter cuidado com as rochas por vezes cobertas com um         revestimento transparente fino do gelo (Verglas) pode igualmente ser uma autêntica armadilha para o « ACTIVADOR » inexperiente.

Também existem os « vácuos »  sob a neve profunda, valas de drenagem          às vezes escondidas. Tome a atenção da previsão de sinais de possível  avalancha , não se aventure em lugares devidamente assinalados,             respeite os Avisos.

 

Hipotermia: Quando a temperatura ambiental baixa, o ser humano tem a sensação desagradável de frio que é mais pronunciada quando juntamente       com a temperatura baixa se associa humidade do ar , vento em conjunto arrefecem o corpo. Se a exposição do corpo a baixas temperaturas for   prolongada pode surgir a Hipotermia quando a temperatura do corpo desce   abaixo dos 37º podendo São do mesmo modo causa de agravamento da hipotermia a ingestão de fármacos tais como anti-depressivos, ansiólíticos, barbitúricos, entre outros, e também ingestão de alcóol e o consumo de     tabaco.

Para evitar isto em primeiro lugar deve estar correctamente vestido para estas circunstâncias, não ingerir bebida abundância  ou refrigerada, bebendo da      água, comendo petiscos alto-teor calórico .

São estes os sintomas e sinais de  hipotermia :começam insidiosamente  e evoluem

Lentamente :pele fria, tremores, fadiga, irritabilidade, apatia, sonolência, hipertensão arterial, arritmias, dificuldades na fala, lapso da memória, delírio, síndrome confusional, coma e « morte ».

 A resposta deve ser. O abrigo, a roupa morna, o aquecimento delicado e, se possível, a bebida morna mas são um assunto complexo e há mais de um estágio, assim que se ajuda possível da busca. Veja por exemplo http://en.wikipedia.org/wiki/Hypothermia#Stages_in_hu

 Os fatos desportivos de montanha, pelo menos o anoraque são peças aconselháveis. Devemos aquecer o IGLO/tenda ou saco cama mantermo-nos       o mais quente possível, torna-se imprescindível de beber líquidos/infusões quentes e açucaradas, excluir as bebidas alcoólicas evitar o tabaco.

Solidão: Se você não tem confiança e  é inexperiente sobre uma condição particular ou a actividade de WX, evite-a ou procure  alguém mais qualificado    para o recomendar e se possível acompanhar. Alguns exemplos são:      Escalada, montanhismo em superfícies geladas, locais com abundância           de neve e gelo (referindo-se particularmente às condições da avalancha),   nevoeiro, chuva, humidade , escuridão, terra pantanosa, pedregulho-campo íngreme de cruzamento,  passagem por cursos de água, penhascos                   e cumes e remotos etc.

Se não se sentir seguro e sente-se vulnerável a situações destas evite agir sozinho e junte-se com outro « Activador ». O ideal para subir e activar Picos. Cumes de grande altitude o melhor é organizar uma equipe de Três (3) « Activadores » são o

Ideal para melhor ultrapassar situações de emergência. Uma vítima, um companheiro e o terceiro para iniciar  a obtenção de ajuda se todos métodos restantes de um pedido de socorro falharem.

Procure conhecer  a história do cume, ou cimeira; o número de activações          e um mapa ajudarão a identificar quais os picos, cumes mais fáceis e            quais são os mais remotos e potencialmente perigosos.  

 

Raios,  relâmpagos; estática: Nós sabemos que o risco é pequeno             mas não é por isso que deixa de termos menos medo dos relâmpagos .          Com o perigo aumentado é óbvio para o activador de SOTA, não activar           uma cimeira se condições de trovoada e relâmpagos são iminentes                    é essencial uma protecção. O relâmpago é menos comum no inverno              mas se tivermos a  atenção da previsão de WX!

Se estiver perdido: Não perca a calma nem se apavore; tome o tempo     necessário e elabore e analise logicamente sua posição.

Há uns estratagemas para minimizar o risco se você é apanhado no               meio de um a trovoada. A única resposta certa não é estar lá!  O Melhor              é estar alerta pelo WX e  se escuta no seu rádio as descargas eléctricas       antes mesmo que que se tornam audíveis .

Evite locais com antenas, postes sinalizadores aéreos, torres eólicas .

 A estática é um problema relacionado e acumula-se com o movimento do    líquido carregado (por exemplo ar ou chuva de queda/saraiva).    

 

Vida Selvagem: Sobretudo seja amante da Natureza, evite danificar Plantas    ou arbustos, lembre-se que algumas espécies estão em extinção tais como o azevinho e outras. Evite provocar STRESS sobretudo em aves que possam    estar a nidificar em penhascos ou rochedos

Em Portugal apenas nas Regiões Norte , Provincias do Minho e                      Trás os-Montes se podem eventualmente encontrar animais perigosos          como Lobos, não se encontraram relatos de ataques de lobos ao Homem         em Portugal.

O mais perigoso poderão ser algumas cobras ou Escorpiões em buracos nas rochas ou debaixo de Pedras . Em algumas regiões de Portugal podem-se encontrar mosquitos (melgas) . Não se esqueça de levar consigo creme anti istamínico para tratar picadas e mordidas.  

 

Notas da segurança no inverno:O tempo em dias de inverno os dias            são curtos e mesmo tendo alguma experiência em caminhada procure bons trajectos para encontrar o alvorecer evitar o crepúsculo e o perigo.

Evite activações e Operações SOTA em  montanhas perigosas sobretudo no Inverno,  por vezes só damos conta passado umas horas de caminhada que podemos estar em circunstâncias abaixo de zero.        

Esperamos  que estas informações são adequada mas ao mesmo tempo não queremos desanimar os potenciais  recém-chegados .

Não é tudo sobre a segurança. Evitar o incómodo é um assunto relacionado e importante para a segurança.

Uma busca no Google revelará muitos livros na segurança da montanha              e todo o recém-chegado de SOTA seria aconselhável adquirir algum livro        sobre Montanhismo e Caminhada. Outros Por exemplo: "Segurança  em montanhas!" Há uns cursos de formação práticos das habilidades na oferta demasiado.

Obviamente, um conhecimento do primeiros socorros é uma grande vantagem assim como  são boas habilidades saber »navegar » seguir os trilhos e pontos nos mapas com Bússola  ou GPS conhecer em tempo real -sinais e as propriedades das superfícies e das inclinações diferentes etc. Infelizmente,           não há nenhum substituto para a experiência e aquele é o inextricável.

O que nos espera: É notório que o tempo da montanha é  mutável. As condições do topo da montanha podem ser bastante mais severas do que nos vales e do que tínhamos em previsto.

Recorde-se que normalmente em cada 300m (1000ft) da subida, a             temperatura cairá teoricamente uns 2º graus de Centígrados, podemos encontrar               duas ou três vezes mais vento num cume ou pico comparado ao que      apanhámos no vale assim pense sobre o frio  e todos os factores adversos.     Com o  nevoeiro  lá em cima pelo menos, e na elevação também  as nuvens baixas passa a  metade a visibilidade da actual do tempo embora deixa cair raramente abaixo de aproximadamente 30m na luz do dia.

Ao mesmo tempo devemos verificar as condições da estrada e  verificar:      Roupa: A protecção contra tempo adverso deve ser a primeira consideração. Escolha  numa  loja para o efeito ou no catálogo sobre Caminhada,     Montanhismo e Escalada. Existem muitas opções deverá escolher a que       mais se adapta a si e ás  montanhas que quer activar.

Ao contrário do caminhante médio que pode escolher manter-se abrigado  no passeio, o Montanhista está a realmente sentir os efeitos lembre-se que          nos altos das montanhas as arvores e abrigos são raros.

Os avanços na tecnologia aumentarão gradualmente o uso e confiança no       GPS baseado/dispositivos da mapa-base de dados mas as habilidades     básicas do mapa devem sempre ser consideradas como um apoio de tecnologia    obsoleta e consequentemente de confiança. Os mapas podem  fundir afastado assim que considere um map da cópia do `A4 como um sobressalente.                                                                                           Pode ser mantido (polythene-sleeved) em um bolso e facilmente ser       consultado. Você deve saber sua posição porque caso durante  a           caminhada a rota escolhida não seja a adequada e caso as coisas dêem         para o torto pode saber as notas que tinha tomado antes aonde constam posições de fuga, abrigos, dos trilhos mais perto de  estradas, de  estabelecimentos etc. do salvamento. Anote o sentido de vento.                     Sair dele em uma emergência é a uma prioridade 

 

 

 

 

Raios ,relâmpagos Trovoadas

Um raio é uma descarga eléctrica que se produz pelo contacto entre nuvens de chuva  ou entre uma destas nuvens e a terra. .

 

Nevoeiro

 

O Nevoeiro  é  uma nuvem em contacto com o solo, que envolve o observador e reduz a visibilidade, na Montanha encontramos muitas vezes situações sem visibilidade..

 

 

 

                                                                  Copyright SOTA Portuguese Association.com 2002. All Rights Reserved.